Onboarding – o que é?

Em inglês, onboarding significa “embarcar”. Podemos então dizer que é o processo de adaptação e integração de colaboradores recém-chegados a uma empresa em sua cultura. O melhor momento para iniciar esse processo é logo após a contratação, que é quando o profissional está engajado e motivado a mostrar um bom trabalho e aberto para receber orientações e se adaptar com maior facilidade. Mas, não se esqueça, o onboarding deve se prolongar até o funcionário estar a vontade em sua função.

O maior problema por trás de novas contratações sem processos de integração eficazes, é que os profissionais, aos poucos, se sentem deslocados, sem contato com a cultura da empresa e até mesmo com o funcionamento do negócio. Segundo o site Glassdoor, um processo de onboarding bem executado pode melhorar a retenção de talentos em até 82%.

Qual é a importância do onboarding?

onboarding

O onboarding traz uma sensação de pertencimento ao novo profissional, evitando que ele desista da vaga e a empresa tenha que passar por todo o processo de recrutamento novamente. Colaboradores que são acompanhados por mentores que se preocupam com sua adaptação à nova experiência, podem desempenhar melhor suas tarefas. Além disso, eles se conectam mais rapidamente com a equipe, interagem mais com a empresa e têm maior satisfação geral. Portanto, ter alguém explicando de maneira clara o passo a passo das funções e as metas da empresa e do departamento, aumenta a probabilidade de sua equipe executar campanhas com sucesso.

Vantagens do processo de onboarding

Um programa de onboarding bem executado traz muitas vantagens para colaboradores e empresas, criando condições para a pessoa se adaptar e poder dar o seu melhor no trabalho. Confira algumas vantagens:

1. Diminuição do turnover

A clareza sobre o ambiente de trabalho, em conjunto com um bom clima proporcionado pelo acolhimento, permite que o funcionário tenha prazer em exercer suas funções e se sinta bem no trabalho, tendo mais chances de querer ficar.

2. Crescimento do negócio

Os profissionais que estão altamente envolvidos com as metas do negócio são muito mais produtivos e rentáveis. O sentimento de pertencer a um time e de saber que pode contar com seus colegas de equipe só faz incentivar o desenvolvimento de um bom trabalho.

3. Impacto na produtividade

Quando um novo funcionário é contratado, a produtividade da empresa cai porque existe o período de adaptação e treinamento, mas quando você realiza um bom onboarding, ele tende a se adaptar de maneira mais rápida e produtiva.

4. Cultura organizacional fortalecida

Para novos colaboradores, nem sempre é fácil captar a atmosfera e a cultura da organização. Isso vai muito além de entender a dinâmica do trabalho, mas entender a quem eles se reportam e quais são suas responsabilidades no dia a dia. O onboarding facilita essa importante etapa, alinhando as novas contratações com a proposta da empresa.

5. Retenção de talentos

Embora algumas empresas ofereçam altos salários, esses fatores muitas vezes são insuficientes para reter os profissionais, acaba faltando alguma coisa. E essa “coisa” pode ser sua adequação e compreensão dos processos e hierarquias da empresa, o que é um fator de integração do onboarding. Dessa forma, é possível reter os talentos contratados e crescer com eles para formar uma equipe dedicada, bem ajustada e de alta qualidade.

Um dos maiores erros é exigir que um novo funcionário inicie suas operações com alta produtividade no primeiro dia. No início, o foco deve ser a integração, além de explicar sobre as suas atribuições exatas. A adaptação é um processo que acontece nesse período, mesmo para profissionais experientes.

O onboarding é a oportunidade da sua empresa causar uma boa primeira impressão nos novos colaboradores, além de garantir uma real integração com a empresa, resultando em melhor desempenho nas atividades do dia a dia.

Gostou? Compartilhe!

Deixe sua opinião.

Você também pode gostar de ler:

Mulher trabalhando em TI

Desaceleração de oportunidades no mercado de TI, ainda há vagas?

O mercado de TI tende a crescer ainda mais em função das novas tecnologias. De acordo com relatórios recentes, o setor de tecnologia está previsto para expandir significativamente nos próximos anos, impulsionado por tendências como a transformação digital, adoção de nuvem, inteligência artificial e IoT (Internet das Coisas).

Edição 034

Nesta edição: Os 4 desafios dos CEOs em 2024 Qual o intuito das perguntas “clichês” de recrutamento e seleção? Deu na mídia Como promover o

custos de uma contratação mal feita

Os custos de uma contratação mal feita

Atrair bons profissionais é um dos maiores desafios das empresas. Uma contratação assertiva aumenta a produtividade e melhora o ambiente de trabalho, gerando ótimos resultados