Etapas Técnicas no Processo Seletivo – 4 Principais tendências

No atual cenário de recrutamento e seleção, as empresas estão buscando aprimorar seus processos de contratação, especialmente nas etapas técnicas, na validação das hard skills. Com o avanço da tecnologia e a evolução das demandas do mercado de trabalho, surgiram novas tendências que estão moldando a forma como as organizações avaliam as habilidades técnicas dos candidatos.

As tendências atuais de processo seletivo são extremamente relevantes, pois refletem as mudanças e evoluções no mercado de trabalho. Elas buscam aprimorar os métodos de recrutamento e seleção, tornando-os mais eficientes e alinhados com as demandas do mercado. Desse modo, permite-se que as empresas identifiquem e selecionem candidatos com as habilidades técnicas e comportamentais adequadas, contribuindo para a formação de equipes mais qualificadas e engajadas. Ao adotar as tendências atuais, as empresas estão mais propensas a atrair talentos de alto nível e a encontrar profissionais que se encaixem de forma adequada em suas culturas organizacionais, impulsionando o sucesso e o crescimento da empresa.

Neste artigo, exploraremos as principais tendências nas etapas técnicas do processo seletivo.

1- Entrevistas Técnicas Estruturadas

No processo seletivo, uma abordagem cada vez mais adotada é a utilização de entrevistas técnicas estruturadas, elas podem ser realizadas presencilamente ou por uma chamada de vídeo. Essa tendência visa aprimorar a objetividade e a imparcialidade das entrevistas, permitindo uma avaliação mais precisa das competências técnicas dos candidatos.

Mas o que exatamente são as entrevistas técnicas estruturadas? 

Essa abordagem consiste em estabelecer um conjunto predefinido de perguntas e critérios de avaliação que são utilizados de forma consistente para todos os candidatos. no processo seletivo. Diferentemente das entrevistas informais, em que o entrevistador pode variar as perguntas e critérios de avaliação, as entrevistas técnicas estruturadas seguem um roteiro pré-estabelecido.

A principal vantagem desse método é a objetividade. Ao ter um conjunto de perguntas padronizadas, os entrevistadores podem avaliar os candidatos de forma mais imparcial, pois todos são submetidos às mesmas questões. Isso ajuda a minimizar vieses pessoais e permite uma comparação mais justa entre os candidatos.

Outra vantagem, é a avaliação mais precisa das habilidades dos candidatos. Ao seguir um roteiro com perguntas específicas relacionadas às competências técnicas requeridas para o cargo, é possível identificar com mais precisão o conhecimento e a experiência prática dos candidatos. Essa abordagem permite uma análise mais profunda das habilidades técnicas específicas necessárias para o desempenho do trabalho.

As entrevistas técnicas estruturadas também ajudam a tornar o processo seletivo mais eficiente. Com perguntas predefinidas, o tempo de entrevista pode ser melhor controlado, permitindo que mais candidatos sejam avaliados no mesmo período. Além disso, facilita o compartilhamento de informações entre os entrevistadores, contribuindo para uma tomada de decisão mais fundamentada.

teste prático na entrevista de emprego

2- Testes Práticos

Essa abordagem visa avaliar as competências dos candidatos em situações reais relacionadas ao trabalho. Eles consistem, basicamente, em atividades ou tarefas que exigem a aplicação direta das habilidades técnicas necessárias para o cargo em questão. Por exemplo, em uma vaga de desenvolvimento de software, o candidato pode ser solicitado a desenvolver um pequeno projeto ou resolver um problema de programação específico. Já em uma vaga de design gráfico, pode ser requisitado ao candidato criar uma peça visual para uma determinada campanha.

Uma das principais vantagens dos testes práticos no processo seletivo é que eles permitem avaliar as habilidades do candidato de forma mais concreta e realista. Ao invés de confiar apenas na descrição do currículo ou nas respostas fornecidas durante uma entrevista, os testes práticos fornecem uma oportunidade para que o candidato demonstre suas competências, sendo particularmente valioso em áreas em que a experiência prática é essencial.

Outra vantagem é que esses testes podem ser adaptados às necessidades específicas de cada empresa e cargo. Os empregadores podem criar tarefas personalizadas, alinhadas com as demandas da posição e com as tecnologias ou ferramentas utilizadas na organização. Isso garante que os candidatos tenham a oportunidade de demonstrar seu conhecimento prático e suas habilidades em contextos relevantes para a corporação, o que auxilia na seleção de profissionais mais adequados à cultura e aos desafios específicos.

teste prático no processo seletivo

3- Projetos ou Amostras de Trabalho

Solicitar projetos ou amostras de trabalho é uma maneira eficaz de avaliar as habilidades dos candidatos em ação. Ao analisar exemplos reais de seu trabalho anterior, os recrutadores podem obter uma compreensão mais profunda de suas competências técnicas, criatividade, resolução de problemas e capacidade de inovação. Essa abordagem vai além da teoria e permite uma avaliação mais tangível das habilidades práticas e comunicacionais dos candidatos.

Essa etapa do processo seletivo pode revelar o comprometimento e a dedicação do candidato. Aqueles que estão dispostos a criar um projeto ou compartilhar amostras de seu trabalho demonstram um nível de envolvimento maior com a vaga e a empresa. Essa demonstração de iniciativa e interesse pode ser um indicativo de como o candidato se comportará no ambiente de trabalho, evidenciando sua motivação e proatividade.

A inclusão de projetos ou amostras de trabalho também oferece a oportunidade de avaliar a capacidade do candidato de entregar resultados tangíveis. Ao observar o nível de qualidade, originalidade e eficiência dos projetos ou amostras apresentados, os recrutadores podem ter uma visão mais clara da capacidade do candidato em produzir resultados consistentes e satisfatórios. No entanto, é importante garantir que os candidatos tenham direitos autorais protegidos e que as amostras de trabalho solicitadas não violem acordos de confidencialidade ou propriedade intelectual.

amostra de trabalho na entrevista de emprego

4- Avaliações e testes teóricos ou práticos

A avaliação das habilidades técnicas pode também ser feita através de provas e testes escritos. Você pode aplicar, por exemplo, uma prova de redação para avaliar a fluência da escrita e ortografia de um candidato. Pode pensar em um teste de Excel para aplicar em um candidato que trabalhará com elaboração de planilhas. Você também pode aplicar um teste teórico sobre leis trabalhistas para um advogado. São muitos os exemplos, em todas as áreas e cargos é possível elaborar testes e avaliações para medir o conhecimento técnico de um profissional.

É essencial adaptar as avaliações para o contexto da empresa. Isso garante que os candidatos tenham a experiência prática necessária para atender às demandas da empresa e integrar-se facilmente às equipes de trabalho. Essa abordagem proporciona uma seleção mais precisa de profissionais qualificados, contribuindo para o sucesso dos projetos e o crescimento da organização.

TI

Veja também: 4 dicas para engajar profissionais de TI no processo seletivo

Aqui na Evoluir, utilizamos as técnicas de recrutamento e seleção mais eficazes para sua empresa. Quer saber mais? Faça um contato conosco, será um prazer lhe atender!

Gostou? Compartilhe!

Deixe sua opinião.

Você também pode gostar de ler:

Capa Evoluir News

Edição 004

Nesta edição: Retenção de talentos na prática: 4 pontos essenciais Bill Gates prestes a sair da lista dos mais ricos do mundo Não consigo achar

Capa Evoluir News

Edição 007

Nesta edição: Como trabalhar a atratividade da minha marca empregadora? Deu na mídia:Gestão empresarial:5 tendências para melhorar seu negócio no pós pandemia Como avaliar o