Qual teste comportamental usar no meu processo de seleção?

Como já dizia Peter Drucker, grande consultor administrativo e professor, “As pessoas são contratadas por suas habilidades técnicas, mas são demitidas pelos seus comportamentos”. Por isso, escolher o teste comportamental certo no Recrutamento e Seleção é essencial para identificar qual perfil profissional é melhor para o cargo e para a empresa naquele momento, além de dar pistas sobre o match cultural.

Nós, aqui da Evoluir Recruiter, utilizamos essencialmente dois diferentes testes, o DISC e o VECA. Adaptamos também de acordo com a realidade e demanda de cada empresa.

O DISC, criado em 1928, é o teste comportamental mais usado no mundo. Ele analisa as respostas de um questionário para categorizar as dominâncias comportamentais do candidato, separadas por 4 perfis: Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade, proporcionando insights sobre como o indivíduo reage a situações no ambiente de trabalho.

Entenda melhor a ferramenta DISC clicando aqui. 

O VECA (Inventário de Avaliação Comportamental) avalia 20 competências comportamentais por meio de um questionário, atribuindo uma pontuação de 0 a 10 para cada habilidade. Essa abordagem detalhada destaca pontos fortes e áreas a serem desenvolvidas, sendo especialmente útil para cargos de gestão, devido à ênfase em competências essenciais para liderança.

Entenda melhor a ferramenta VECA clicando aqui.

Ao escolher entre VECA e DISC, é importante considerar as necessidades da empresa, o cargo e a cultura organizacional. Ambos os testes oferecem insights sobre competências comportamentais importantes para cada função, podendo ser utilizados em conjunto.

Contudo, o DISC é mais centrado em habilidades comportamentais gerais, enquanto o VECA fornece uma abordagem mais detalhada e contextualizada de vinte competências específicas.

aplicando teste comportamental na entrevista de emprego.

Existem outras várias ferramentas disponíveis, cada uma com suas abordagens e metodologias específicas. Aqui estão algumas:

O MBTI (Tipo Myers-Briggs) é uma ferramenta de avaliação de personalidade amplamente reconhecida e utilizada. Ele classifica os indivíduos em uma das 16 tipologias de personalidade, com base em quatro dimensões principais: extroversão/introversão, sensação/intuição, pensamento/sentimento e julgamento/percepção.

Esse teste oferece insights sobre as preferências e características individuais, ajudando na compreensão das diferenças e na promoção de uma comunicação mais eficaz e colaborativa dentro das equipes de trabalho.

O modelo Big Five, também chamado de Cinco Grandes Fatores de Personalidade, avalia 5 traços fundamentais da personalidade: extroversão, amabilidade, conscienciosidade, estabilidade emocional e abertura para a experiência, fornecendo uma base sólida para compreender os padrões de comportamento e as preferências individuais.

O PI (Predictive Index), em português Indice preditivo, é uma ferramenta que analisa os drives e os comportamentos dos indivíduos. Ele mede fatores como dominância, extroversão, paciência e formalidade. Um teste mais específico e com conceitos mais gerais que podem ser úteis em situações mais particulares.

O 16PF (Sixteen Personality Factor Questionnaire), em português Questionário de Dezesseis Fatores de Personalidades, como o próprio nome diz, é um questionário que avalia 16 fatores de personalidade que são relevantes para o desempenho profissional e o ajuste ao trabalho. Ele fornece insights detalhados sobre os traços de personalidade de um indivíduo, auxiliando na compreensão de seu comportamento.

Aqui na Evoluir, selecionamos os melhores candidatos para integrar sua equipe com o auxílio dos teste comportamentais. Quer saber mais? Faça um contato conosco, será um prazer lhe atender!

Gostou? Compartilhe!

Deixe sua opinião.

Você também pode gostar de ler:

Capa Evoluir News

Edição 005

Nesta edição: Como acertar na divulgação de vagas Pérolas do RHO candidato que não falava com mulheres O candidato finalista declinou, e agora? Deu na

Edição 030

Nesta edição: 3 áreas que enfrentam maior desafio em recrutar Habilidades essenciais de um RH para 2024 Deu na mídia 78% das empresas sinalizaram dificuldades